Uma mulher reformada de São Paulo, no Brasil, foi internada numa clínica para tratamento de dependências por causa do vício na Internet. A mulher esteve quatro anos sem sair de casa, ocupando o tempo nos jogos online.
 

«Abandonei família, lazer, abandonei de me cuidar, de fazer as coisas que eu gostava, tipo ir para uma aula de natação», conta Helena Ferreira, de 54 anos, citada pelo portal de notícias G1.

 
O vício começou quando aceitou um convite de amigos de uma rede social para um jogo pela Internet.
 

«Fiquei quatro anos sem sair de casa».

 
Helena Ferreira diz que, nessa altura só pensava em jogar e vencer as etapas do jogo. Engordou 35 quilos durante esse período.
 

«Não tinha mais noção do tempo, não sabia quando era dia ou quando era noite. Não tinha mais horário pra almoçar, pra dormir. Não atendia a companhia, o telefone», lembra.

 
A família resolveu interná-la e Helena está há quatro meses numa clínica para dependentes químicos, já que, no Brasil, não existem locais especializados em dependência virtual. Desde que foi internada, nunca mais teve contacto com a Internet e é assim que deve continuar por mais algum tempo. De acordo com a psicóloga responsável pelo tratamento, Helena vai passar por uma espécie de «reprogramação do cérebro». «Tudo que ela viveu, ela vai aprender novamente. Vai aprender a falar com as pessoas, a se alimentar, a cuidar do seu espaço», frisa a psicóloga.