Uma disputa judicial sobre o nome de um menino acabou por resultar numa ordem~do tribunal de Newport, Tennessee, para retirar o nome de «Messias», avança a BBC.

A mãe, Jaleesa Martin, queria chamar o filho, de sete meses, de «Messiah», mas a juíza Ann Ballew ordenou que o nome fosse trocado por «Martin».

Ann Ballew justificou a sua decisão afirmando que só «Jesus Cristo» pode ser assim chamado. A juíza decretou que o menino se chame «Martin DeShawn McCullough», contendo assim o nome do pai e o da mãe.

A mãe já anunciou que vai recorrer.