Há uma mãe que todos conhecem. Chama-se Filomena Teixeira e é a mãe de Rui Pedro, desaparecido há 13 anos.

O caso chegou na última segunda-feira a tribunal. Há, finalmente, um arguido, um homem suspeito de rapto.

Numa entrevista exclusiva à TVI, Filomena diz que não tem dúvidas: nestes anos todos não houve vontade política para avançar com o processo.

Veja a reportagem de Ana Leal, com imagem de Ricardo Ferreira e Nuno Santos e montagem de Miguel Freitas.