Jovem morre na mesa de operações

Entrou no hospital para colocar uma banda gástrica para controlar a obesidade. Acabou por morrer. Hospital admite erro médico

Por: Redação    |   30 de Dezembro de 2011 às 22:40
Uma jovem de 23 anos morreu em Novembro, durante uma cirurgia, no Hospital de Leiria. A jovem era acompanhada há quatro anos no hospital, em consultas de obesidade. Ia colocar uma banda gástrica, que lhe iria permitir controlar o problema.

Algo correu mal e a jovem morreu. A família suspeitou, desde o início da foram como o hospital lidou com a situação e, hoje mesmo, perante as perguntas da TVI, o hospital admite a possibilidade de erro médico.

A história foi investigada pela jornalista Ana Leal. Foi, de resto, na sequência da investigação jornalística que a direcção do hospital se reuniu pela primeira vez com a família. Encontro aconteceu esta sexta-feira à tarde.

Uma reportagem de Ana Leal, com imagem de João Paulo Delgado.
PUB
EM BAIXO: Jovem morre na mesa de operações
Jovem morre na mesa de operações

COMENTÁRIOS

PUB
«O Estado é um padrinho que acompanha o cidadão até à morte»

Henrique Medina Carreira considera que «a despesa social» é o grande problema dos últimos 50 anos em Portugal. Se analisarmos as despesas públicas e os níveis de fiscalidade, entre 1960 e 2010, verificamos que a despesa social «é aquilo que adoeceu, e adoeceu por irresponsabilidade política». Para o comentador da TVI24 o país nunca antecipou os problemas que podiam advir de um crescimento excessivo das despesas sociais porque estas são uma forma de compra de voto.