Fontinha: homem regou-se com gasolina em protesto

Após desocupação da escola primária, população solidária com as duas pessoas ocupadas. Protesto junto à câmara

Por: Redação / FC    |   19 de Abril de 2012 às 13:14
ATUALIZADO ÀS 14:50

Dezenas de pessoas protestaram em frente à esquadra do Heroísmo, na cidade do Porto, exigindo a libertação dos dois detidos pela PSP durante a desocupação da escola primária da Fontinha. Está agora a circular o edifício da câmara municipal.

Durante os protestos, um homem regou-se com gasolina aparentando que estaria prestes a imolar-se, mas a polícia deteve-o de imediato e levou-o para o interior da câmara.

O movimento esteve reunido durante algum tempo no largo da Fontinha e decidiu dirigir-se até à rua do Heroismo. No local estivera também muitos populares, solidários com esta ação.

Entetanto, as mesmas pessoas dirigirem-se para o espaço em frente à câmara Municipal do Porto. Estiveram a manifestar-se nas traseiras do edifício durante cerca de uma hora e depois passaram a circundá-lo com a ajuda de música.
PUB
FOTOGALERIA:
Desocupação da Escola da Fontinha

Desocupação da Escola da Fontinha (PEDRO GRANADEIRO/LUSA) EM CIMA: Desocupação da Escola da Fontinha (PEDRO GRANADEIRO/LUSA)
COMENTÁRIOS

PUB
Benfica mais perto do título depois de empate no Clássico

Benfica e FC Porto terminou num nulo: um daqueles nulos que não deixam nada na mesma. Resultado mantém os encarnados com três pontos de vantagem sobre os dragões na liderança da Liga, também em vantagem no confronto direto. No Benfica, Salvio chegou a integrar a lista de convocados mas não foi opção, enquanto no FC Porto Lopetegui procedeu a várias alterações no onze