Marques Mendes revelou esta quinta-feira na TVI24 que o Governo prepara-se para efectuar fusões entre as empresas de transportes. A Carris e o Metro de Lisboa deverão ser fundidos, tal como o Metro do Porto e os autocarros STCP.

«A fusão da Carris como Metro de Lisboa. Acho muito positivo. Segundo a fusão dos STCP do Porto com o Metro do Porto, acho na mesma linha de coerência muito positivo. Em terceiro lugar a fusão da Transtejo com a Soflusa, porque temos duas empresas a fazer basicamente a mesma coisa», disse.

«Se houver coragem como eu julgo que está previsto, (...) eu julgo que isto são princípios muito positivos», considerou Marques Mendes.

O ex-líder do PSD deixou ainda várias criticas às regalias que existem nas empresas de transportes. «Regalias que ninguém tem», denunciou na TVI24.

«Na Carris, por exemplo, foi o caso que seleccionei, os trabalhadores tem direito a 34 dias úteis de férias. São os 22 que é o mínimo do regime geral mais 12 dias, um por mês, de despensas que está no acordo de empresa. Isto, ninguém tem», exemplificou.