«Presidente fez desmentido, parece que aprendeu»

Opinião de Fernanda Câncio

Por: Redação / FC    |   1 de Fevereiro de 2012 às 01:43
Fernanda Câncio voltou à novela do Banco de Portugal no seu comentário semanal no 25ª Hora da TVI24.

Na sua opinião, «o Banco de Portugal quer loucamente cortar nos subsídios», o que considera ser um «volte-face».

Quanto às alegadas divisões entre a Presidência da República e o Governo, disse que Cavaco Silva «está a tentar uma redenção após o episódio dos subsídios». No final, «o Presidente fez um desmentido, parece que aprendeu».

Comentário ainda em relação aos feriados civis e religiosos, afirmando-se estupefacta com a decisão final: «Isto faz com que sejamos dos únicos países do mundo que não festejam a sua independência e dos republicanos dos que não festejam a república, mas celebramos a ascensão de uma pessoa aos céus, o que é no mínimo extraordinário».
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Fernanda Câncio
Fernanda Câncio

COMENTÁRIOS

PUB
Sócrates: «perigo de fuga é anedota de mau gosto»

Declarações feitas por João Araújo, advogado do ex-primeiro-ministro, em entrevista no Jornal das 8 da TVI. João Araújo considera que a prisão preventiva de José Sócrates deve ser, de imediato, revogada porque «não se verificam casos de excecionalidade que justificam a preventiva». Para o advogado, «o perigo de fuga é uma anedota de mau gosto». João Araújo revelou, ainda, que as suspeitas e indícios de corrupção que pairam sobre José Sócrates referem-se a um período anterior à altura que foi primeiro-ministro.