logotipo tvi24

Guiné: jornalista António Aly Silva foi detido

Corre a notícia de que o jornalista foi espancado e levado para parte incerta

Por: Redacção / Manuela Micael    |   2012-04-13 16:46

O jornalista António Aly Silva foi detido esta sexta-feira de manhã. Corre em Bissau a notícia de que Aly Silva terá sido espancado e levado para parte incerta.

A notícia já foi confirmada à agência Lusa por fontes que assistiram à detenção.

Esta sexta-feira, às 10:27 locais (mais uma hora em Lisboa), o jornalista tinha escrito no seu blog «Ditadura do Consenso», que o «General António Indjai, CEMGFA, está no comando das operações» do golpe militar. Entretanto, o jornalista deixou de escrever no blog e começaram a correr boatos da sua detenção.

O blog «Guiné-Bissau Docs»difundiu, já esta tarde a informação de que António Aly Silva foi detido às 11:10 (12:10 em Lisboa), depois de uma «frenética» perseguição, «a alta velocidade», movida pelos militares. O jornalista terá sido intercetado perto do restaurante Padeira, retirado do carro e «espancado duramente», antes de ser levado para parte incerta.

O jornalista Nuno Andrade Ferreira, da Rádio Morabeza, em Cabo Verde, contou à TVI24 que entrevistaram António Aly Silva durante a manhã. Depois de saberem dos boatos da sua detenção, tentaram falar com ele, através do telemóvel. «Quem nos atendeu foi outro sujeito, que se tentou passar por ele. Depois disso voltámos a tentar, mas já não nos atenderam, sequer», relatou.

A mesma informação que dá conta da detenção de António Aly Silva foi também avançada à TVI24 por mais duas fontes não oficiais em Bissau.

OUÇA A ÚLTIMA ENTREVISTA DE ANTÓNIO ALY SILVA (À RÁDIO MORABEZA, DE CABO VERDE) ANTES DE SER DETIDO

Partilhar
FOTOGALERIA:
Golpe de Estado na Guiné-Bissau

António Aly Silva EM CIMA: António Aly Silva

EUA tentaram resgatar jornalista decapitado mas falharam
Militares norte-americanos efetuaram em julho uma operação relâmpago na Síria para libertarem reféns, entre os quais James Foley
EUA confirmam autenticidade do vídeo da decapitação de jornalista
Barack Obama diz que os apoiantes do Estado Islâmico são um «cancro» e que as suas ideologias estão «falidas»
Jornalista norte-americano decapitado no Estado Islâmico
Apoiantes do Estado Islâmico do Iraque e do Levante quiseram enviar uma «mensagem à América»
EM MANCHETE
«Temos concursos abertos num valor sem precedentes»
Ministro da Saúde reage à greve dos médicos no Algarve, que diz só ter tido impacto no sector público
Rapaz de 13 anos terá ateado sete fogos
Certificados de aforro: Estado já arrecadou 11,1 mil milhões