Portal online distinguido em concurso mundial

O portal online de arrendamento universitário «Uniplaces» venceu o prémio do público no concurso Creative Business Cup

Por: Redação / AC    |   15 de Novembro de 2012 às 13:00
O portal online de arrendamento universitário português, «Uniplaces», ganhou o prémio do público no concurso mundial Creative Business Cup, que distinguiu o melhor empreendedor no setor de indústrias criativas a nível mundial, entre 19 projetos.

O «Uniplaces» representou Portugal no concurso, que decorreu na Dinamarca de segunda-feira a quarta-feira, depois de ter sido o vencedor da 4.ª edição do Prémio Nacional de Indústrias Criativas Super Bock/Serralves.

Este é o primeiro portal de arrendamento agregador do género em Portugal que estabelece um «contacto privilegiado» entre senhorios e estudantes, segundo o comunicado do Super Bock/Serralves, citado pela Lusa.

O Prémio do público do concurso mundial foi escolhido «espontaneamente» pela audiência, que incluía entidades oficiais dinamarquesas ligadas às indústrias criativas e os restantes concorrentes.

O comunicado explica que o «Uniplaces» é útil «principalmente para a comunidade estrangeira que vem estudar para o nosso país».

O projeto «destaca-se por ser uma plataforma digital inovadora e pioneira que disponibiliza, de forma rápida e eficiente, a mais alargada base de informação sobre casas e quartos de qualidade para arrendar a estudantes e visitantes, nas proximidades do estabelecimento de ensino universitário que se vai frequentar».

Esta ideia, transformada em «negócio», pertence a um grupo de três jovens empreendedores que «detetaram esta oportunidade no mercado nacional de arrendamento».

A primeira participação portuguesa no Creative Business Cup surge depois do Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves ter sido selecionado pela agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas (ADDICT) para representar Portugal na competição.

Os projetos vencedores do Creative Business Cup foram o «We Want Cinema», da Holanda (1.º lugar), o «Greenbo», de Israel (2.º prémio) e o «Norwegian Rain», da Noruega (3.º prémio).
Partilhar
EM BAIXO: Projeto português distinguido em concurso mundial
Projeto português distinguido em concurso mundial

COMENTÁRIOS

PUB
Governo «é preso por ter cão e preso por não ter»

Governo explicou em Conselho de Ministros como as famílias sem filhos podem pagar menos até 2017. Durante três anos os contribuintes poderão optar por pagar o imposto de acordo com as regras de 2014. O Governo confirmou a proposta de alteração do imposto, mas considerou que tem havido «falta de seriedade» nas críticas à reforma do IRS.