A noiva que Versalhes não quis para português ver

Joana Vasconcelos vai expor 37 obras no Palácio Nacional da Ajuda a partir de 22 de março

Por: Redação / Sílvia Martins/TVI    |   6 de Março de 2013 às 22:41
Joana Vasconcelos vai expor 37 obras no Palácio Nacional da Ajuda a partir de 22 de março.

Uma exposição que traduz uma década de trabalho da artista plástica e que inclui as obras emblemáticas, expostas no último verão, em Versalhes, naquela que foi uma das mais visitadas em Paris nos últimos 50 anos.

Uma peça não fez parte da mostra parisiense, chama-se «a noiva» e é um lustre criado com tampões higiénicos femininos.

A obra, uma das mais icónicas de Joana Vasconcelos, foi recusada em Versalhes mas vai poder ser vista em Lisboa.

A exposição no Palácio Nacional da Ajuda marca, também, o regresso da artista plástica a casa.

A artista promete mais.
Partilhar
EM BAIXO: Joana Vasconcelos
Joana Vasconcelos
COMENTÁRIOS

PUB
Mostrar contas do BES à PT só com ordem do tribunal

Banco de Portugal alega «dever de segredo» para não revelar a «extensa informação» pedida pela PT SGPS sobre a supervisão do Banco Espírito Santo e diz que só por ordem judicial o poderá fazer. Empresa pretende «obter integral ressarcimento dos danos que lhe foram provocados pelo seu intermediário financeiro BES» e, por isso, ameaçou levar Banco de Portugal à Justiça