«É muito mau quando o Presidente se encontra num contexto em que lhe chamam nomes»

Marcelo Rebelo de Sousa comentou o caso Miguel Sousa Tavares, mas considerou ainda mais grave que chamem «gatuno» a Cavaco nas manifestações

Por: Redação / CP    |   26 de Maio de 2013 às 21:33
Marcelo Rebelo de Sousa considera que Miguel Sousa Tavares «se excedeu» ao chamar «palhaço» a Cavaco Silva, mas considera ainda mais grave que chamem «gatuno» ao Presidente da República nas manifestações.

«O que me preocupa é que, pode discordar-se ou concordar-se com Cavaco, mas, para as instituições, é muito mau quando o PR se encontra num contexto em que é possível que lhe chamem nomes», afirmou, no seu comentário na TVI.

Neste contexto, considera o comentador, «o diálogo democrático torna-se praticamente impossível».
Partilhar
EM BAIXO: «É muito mau quando o Presidente se encontra num contexto em que lhe chamam nomes»
«É muito mau quando o Presidente se encontra num contexto em que lhe chamam nomes»

COMENTÁRIOS

PUB
Taxa de crianças em instituições é um «escândalo»

Apenas 4% das crianças estão em famílias de acolhimento. Em Espanha são 30% e já é «um escândalo», alerta presidente da Associação «Mundos de Vida». Número pode muito bem ser invertido porque «não há crianças que ninguém quer, apenas famílias que ainda não foram encontradas». Já o presidente da Cáritas deixa uma pergunta: «O que é feito da família em Portugal? Neste momento nem uma secretaria de Estado da família temos»