logotipo tvi24

«É muito mau quando o Presidente se encontra num contexto em que lhe chamam nomes»

Marcelo Rebelo de Sousa comentou o caso Miguel Sousa Tavares, mas considerou ainda mais grave que chamem «gatuno» a Cavaco nas manifestações

Por: Redacção / CP    |   2013-05-26 21:33

Marcelo Rebelo de Sousa considera que Miguel Sousa Tavares «se excedeu» ao chamar «palhaço» a Cavaco Silva, mas considera ainda mais grave que chamem «gatuno» ao Presidente da República nas manifestações.

«O que me preocupa é que, pode discordar-se ou concordar-se com Cavaco, mas, para as instituições, é muito mau quando o PR se encontra num contexto em que é possível que lhe chamem nomes», afirmou, no seu comentário na TVI.

Neste contexto, considera o comentador, «o diálogo democrático torna-se praticamente impossível».

Partilhar
EM BAIXO: «É muito mau quando o Presidente se encontra num contexto em que lhe chamam nomes»
«É muito mau quando o Presidente se encontra num contexto em que lhe chamam nomes»

Durão Barroso lamenta morte de Gabriel García Márquez
Para o presidente da Comissão Europeia, o escritor foi «uma voz da América Latina e do mundo»
EDP ameaçou cortar eletricidade nos edifícios da Câmara de Aveiro
Autarquia tem dívida de 1,1 milhões de euros
John Boehner elogia parceria entre EUA e Portugal
Presidente da Câmara dos Representantes do Congresso norte-americano realça parceria a nível bilateral e das grandes organizações internacionais
EM MANCHETE
Morreu Gabriel García Márquez
Escritor colombiano, vencedor do Prémio Nobel em 1982, morreu aos 87 anos. Um dos maiores autores do século XX deixa ao mundo muito mais que «Cem anos de Solidão»
Gabriel García Márquez será cremado em cerimónia privada
O que García Márquez escreve sobre o 25 de Abril