logotipo tvi24

Lorenzo Baldisseri é o primeiro «cardeal anunciado» por Francisco

Arcebispo italiano ainda não foi oficialmente nomeado

Por: tvi24 / LF    |   2013-03-15 16:05

O arcebispo italiano Lorenzo Baldisseri é o primeiro «cardeal anunciado» pelo papa Francisco, confirmou esta sexta-feira o cardeal Odilo Scherer à imprensa brasileira.

«Ele (Lorenzo Baldisseri) encontra-se na condição de cardeal anunciado, mas não foi oficialmente» nomeado, explicou Odilo Scherer ao sítio eletrónico de notícias G1, da Rede Globo.

Segundo Odilo Scherer, o papa Francisco ao voltar para a Capela Sistina, na quarta-feira, já vestido com as roupas papais, apanhou o seu solidéu vermelho e colocou-o na cabeça do arcebispo Lorenzo Baldisseri.

O arcebispo Lorenzo Baldisseri, de 72 anos, já foi o núncio apostólico da Santa Sé no Brasil (entre 2002 e 2012) e atualmente é secretário da Congregação para os Bispos.

Apesar do simbolismo da ação do papa, o arcebispo «ainda não tem as insígnias cardinalícias, nem o título de uma Igreja de Roma», sublinhou Scherer.

No entanto, «pela normalidade, no próximo consistório», Baldisseri «será o primeiro cardeal nomeado, mas pode haver algum gesto novo. Eventualmente, o papa pode dar as insígnias numa cerimónia antes do consistório» a confirmar esta medida.

«É um costume que existia na Igreja até o papa João XXIII», explica Odilo Scherer.

«O papa Paulo VI não fez, nem os que vieram depois. Ele (papa Francisco) retomou o costume», acrescentou.

O cardeal brasileiro afirmou que o Lorenzo Baldisseri estava na missa celebrada na quinta-feira pelo papa Francisco na Capela Sistina e usava o solidéu vermelho que havia sido utilizado pelo arcebispo de Buenos Aires.

Hoje, numa conferência de imprensa, o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, havia negado esta informação.

Partilhar
EM BAIXO: A primeira missa do Papa Francisco (Reuters)
A primeira missa do Papa Francisco (Reuters)

EM MANCHETE
Submarinos explicam metade da poupança do Governo
Executivo cortou até agora 754 milhões de euros em consumos intermédios, apesar de Passos ter referido uma redução de 1,6 mil milhões entre 2010 e 2013
Fatura da Sorte: hoje é dia de sortear dois Audi A4
Governo está a preparar cortes na ADSE