logotipo tvi24

Danone retira produtos suspeitos de contaminação com aflatoxina

Situação ocorreu no mercado romeno

Por: tvi24    |   2013-03-18 16:38

A Danone retirou do mercado alguns produtos lácteos após a descoberta de aflatoxina, substância que pode ter efeitos cancerígenos, no leite entregue por um fornecedor.

Por precaução, a empresa de produtos alimentares também bloqueou nos seus armazéns 75 toneladas de produtos destinados ao mercado romeno, que poderiam ter estado em contacto com o leite contaminado, informou a Danone Roménia num comunicado.

A aflatoxina é uma micotoxina que pode ter efeitos cancerígenos se for consumida em grande quantidade durante um longo período. Pode aparecer no leite dos animais na sequência de uma contaminação da forragem.

As autoridades sanitárias romenas estão a realizar desde 7 de março uma campanha de fiscalização do leite de várias quintas e centros de tratamento, depois de terem sido descobertos alguns lotes com um limite de aflatoxina superior ao autorizado.

Os resultados definitivos da campanha de controlo devem ser conhecidos até ao final da semana.

No entanto, a quantidade do leite contaminado descoberto foi mínima: 0,2 por cento da produção diária de 20 mil toneladas, indicou a agência para a segurança alimentar (ANSVSA) segundo a Lusa.

No final de fevereiro, a Sérvia, a Croácia e a Bósnia retiraram do mercado leite suspeito de conter aflatoxina.

Partilhar
EM BAIXO: iolmãe
iolmãe

Irão compromete-se com acordo sobre programa nuclear
Ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano esteve em conversações com a alta representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros
Assessórios das pulseiras de elásticos com material cancerígeno
Cadeia de lojas britânica reagiu de imediato às análises laboratoriais que detetaram ftalatos numa dose superior à permitida por lei e retiraram os produtos do mercado
ONU vai enviar equipa para investigar crimes do Estado Islâmico
Merkel vai enviar armas para os combatentes curdos no Iraque
EM MANCHETE
PGR explica equipa especial para investigar o caso BES
Joana Marques Vidal afirmou ser necessário ter uma «visão integrada e adequada» do processo
Governo deixa cair aumento da TSU e do IVA para 2015
Goldman Sachs emprestou 636 milhões ao BES