logotipo tvi24

Apresentador de TV bebe leite diretamente das mamas de uma mulher

Queria só ter noção do sabor do leite materno e, em direto, resolveu provar

Por: Redacção / MM    |   2013-05-22 11:58

Um apresentador de televisão holandês escandalizou meio mundo ao beber leite materno diretamente das mamas de uma mulher que participavam no programa. Queria ter noção do sabor do leite materno e resolveu provar diretamente do peito de uma mãe, em direto e em horário nobre.

Paul de Leeuw convidou um grupo de mulheres para de uma associação que incentiva a partilha de leite materno. Durante o programa, as mulheres tiraram leite materno com a bomba para doarem mais tarde. Entretanto, colocou-se a questão do sabor do leite materno e o apresentador resolveu provar.

Uma das mães presentes ainda lhe ofereceu leite que estava num biberão, mas Paul disse que preferia beber diretamente da fonte. Pediu autorização e a resposta veio pronta: «bem... se não me morder, pode provar».

Ele não foi de modas. Provou primeiro da mama direita, fez uma pequena pausa e avançou para a mama esquerda. «Gostei mais da segunda. Consigo perceber que comeu espargos ontem», brincou de seguida.

Veja aqui o vídeo.

Partilhar
EM BAIXO: Apresentador de TV bebe leite diretamente das mamas de uma mulher (Foto: Reprodução YouTube)
Apresentador de TV bebe leite diretamente das mamas de uma mulher (Foto: Reprodução YouTube)

Vídeo mostra casal a fugir de tubarão
Nadavam nas águas de uma praia da Florida, Estados Unidos, quando foram surpreendido pelo animal
Indiano divorcia-se devido ao desejo sexual excessivo da mulher
Homem temia pela sua segurança
Atrizes de filmes para adultos realizam campanha «invulgar» contra a sida
As atrizes japonesas permitiram a cerca de 2.300 fãs que tocassem nos seus seios, em troca do donativo de mil ienes (cerca de 10 dólares)
EM MANCHETE
BES: PGR explica equipa especial
Joana Marques Vidal afirmou ser necessário ter uma «visão integrada e adequada» do caso
Goldman Sachs emprestou 636 milhões ao BES
Reino Unido: passaportes suspeitos serão confiscados